terça-feira, fevereiro 21, 2006

Temo por Tempo

Temo o tempo que leva
de meus pensamentos
os momentos que jamais
imaginei que esqueceria.

Débora H.
23 de Janeiro de 2006.

Não descobri de quem é a imagem.

10 comentários:

thalinex disse...

Também temo esse tempo sorrateiro que enta ir apagando da memória as coisas mais belas, e simples, como aquele por-do-sol do outono passado, o qual no me recordo mais... ou uma companhia prazeroza, a qual ja nao tenho mais, que hoje jaz no esquecimento.

beijos menininha. ;)

thalinex disse...

*prazerosa, melhor dizendo. :)

Paulo83 disse...

Pior é não ter o que esquecer. Mas sempre há um pior.

Rodrigo Saraiva disse...

Temo o dia em que serei esquecido com tempo, ... pois esse caminho longo e eterno leva qualquer momento, ...

Moita disse...

Debi

Belissimo. O tempo não me fará esquecer a grande poeta.

beijos

Vianna disse...

Me lembrou Quintana. Acho que a forma mais fácil de prender algo na memória é tentar esquecer.

DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Espelho Mágico - Mário Quintana

Abraços,
Vianna

Silvio Vasconcellos disse...

Lindo, Debih, lindo! De uma simplicidade e profundidade surpreendentes.

Sílvio

Fabio Rocha disse...

Cada vez mais comentado seu blog... :) Não esqueça de mim. ;) Beijos, belo poema

neotenia disse...

Poesias...Esta podem eternizar nossos momentos...Nem o tempo vai apagá-las...

Cirio disse...

Tempo.... temo que o tempo leve para longe, para o esquecimento tantas coisas boas que vivi a muito tempo atrás.
Dizer que é lindo... profundo...
prefiro dizer que isto é um pouco daquilo que sou, principalmente daquilo que é a pessoa que tanto lhe ensinou.
Sabemos que que tens muito dela e um bocado de mim.

Mil beijos.



Cirio