quinta-feira, maio 26, 2005

Nostalgia sob Magia

Futuro distante.
Presente assim como o passado,
que vejo logo ali adiante.

Sonho de amor.
Que persiste tal como
o amor sonhador.

Talvez desejasse a nostalgia
se não houvesse
magia na poesia.

Débora H.
25 de Maio de 2005.

A dois grandes amigos, agradecendo a um deles pela inspiração, no caso de um verso, e deixando um beijo aos dois.

3 comentários:

pensante disse...

Existe diversas versões sobre a vida e o amor.
É viver em versos que é possível admirar a vida e os versos assim como os seus!
Daí somos sonhadores, Daí a beleza...
Dá aí essa magia!!!

Carlos disse...

Achar um grande amor é difícil, mas é maravilhoso quando vc encontra. bjs...

cirio disse...

Só mesmo quem tem alma e espirito de poeta para assim se expressar.

Continue a sonhar, continue a procurar, continua a buscar. Com certeza absoluta irás encontrar o resultado que estás buscando, irás achar o teu "norte".

Lembre-se que o importante não é encontrar agora, mas sim encontrar certo, correto.

Um grande beijo.
Daquele que mais te ama.