quarta-feira, março 22, 2006

"Palavras-Resumo I"

       O Vida em Versos não seria nada se não fossem vocês, meus leitores e “comentaristas”!
       Os comentários sempre servem como um estímulo para que eu continue escrevendo, buscando poemas de mestres e amigos, procurando imagens e links e atualizando meu “cantinho virtual”.
       Então, resolvi prestar uma humilde homenagem, buscando poemas que representam as “palavras-resumo” deixadas no último post. Como palavras podem ter significado muito amplo quando falamos de poesia, como poemas podem ser relativos e como não conheço todos pessoalmente, talvez nem todos definam exatamente cada leitor, mas tentemos... :-)
       Começo com o primeiro “comentarista”, Sílvio Vasconcelos.
       E quem ainda quiser tentar resumir-se em uma só palavra... por favor!



O Universo não é uma Idéia Minha...

O universo não é uma idéia minha.
A minha idéia do Universo é que é uma idéia minha.
A noite não anoitece pelos meus olhos,
A minha idéia da noite é que anoitece por meus olhos.
Fora de eu pensar e de haver quaisquer pensamentos
A noite anoitece concretamente
E o fulgor das estrelas existe como se tivesse peso.

Fernando Pessoa


Silvio Vasconcellos – “Não tive dúvidas: UNIVERSO. Tem poesia, unidade e infinito.”


Créditos: NASA e Adolf Schaller
Agenzia Spaziale Europea


Link Relacionado:
Minha "palavra-resumo" - O Mundo é grande

6 comentários:

reflexoes depois disse...

interessante cadência em teu post! um abraço, querida!

Moita disse...

Debi

O homem são suas idéias.


beijos

Silvio Vasconcellos disse...

Debih!
Que vacilo o meu não ter vindo aqui antes e ver o destaque que mereci. Muita gentileza a sua, querida!

Encontrou em Fernando Pessoa o resumo dos meus universos, os títulos de meus blogs. Sensacional!

Valeu!

Sílvio

Fabio Rocha disse...

Adorei o poema do Pessoa... Vou publicar na Magia!

Beijos

Isli Melanie Gabrich disse...

Um dia desses fiquei pensando oq seria "universal".

thaline disse...

é sempre magico poder vir e ler das tuas palavras querida.

te aguardo para dizer-me em que pensas.

beijos